O que são contratos futuros de criptomoedas?

Investidores fazem aplicações financeiras considerando o preço futuro dos ativos do mercado cripto por meio de contratos com data de vencimento e valor pré-fixado.

Por Paulo Carvalho  /  15 de maio de 2024
Imagem gerada por Inteligência Artificial Imagem gerada por Inteligência Artificial

Além das tradicionais transações de compra e venda de criptomoedas, existem outras formas de investimentos em ativos digitais. Uma delas é o contrato futuro, alternativa atraente para investidores moderados e arrojados por ser considerado arriscado e ter potencial de alta rentabilidade.

Esse tipo de investimento é comum no mercado financeiro tradicional, podendo ser feito considerando o valor de commodities (milho, soja, café, boi gordo), dólar, índice Ibovespa, Standard & Poor’s 500 (S&P 500) e até criptomoedas.

No mercado cripto, os contratos futuros já representam uma parte significativa com mais de 50% das operações spot. Esse volume de transações continua crescendo com a entrada de novos investidores institucionais.

No Brasil, a negociação de contrato futuro de Bitcoin foi autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no primeiro trimestre de 2024. Então, já é possível fazer esse investimento na B3. Entretanto, antes disso é importante conhecer alguns pontos dessa alternativa.

O que são contratos futuros?

Os contratos futuros do mercado cripto são aplicações que “apostam” no preço futuro de um ativo digital após período pré-determinado. Assim, o preço pode referir-se a cotação que uma criptomoeda como o bitcoin (BTC) e a ether (ETH) terá após 30, 60 ou 90 dias.

Então, por exemplo, se um investidor adquiriu um contrato no valor de R$ 100 onde a cotação do bitcoin foi pré-fixada em US$ 65 mil cada unidade, e após uma semana a criptomoeda subiu para US$ 71 mil, o lucro dele será de 10%, ou ainda, receberá R$ 110.

Assim, essas aplicações de Renda Variável são geralmente usadas para proteção contra a volatilidade e/ou para especulação, ou seja, lucrar com a oscilação do mercado.

Como funciona?

Imagem gerada por Inteligência Artificial

O preço do ativo e a data de vencimento do contrato são determinados durante a negociação.

O acordo é feito entre um comprador e um vendedor que possuem previsões divergentes sobre o valor futuro do ativo.

A negociação sempre será equilibrada, com o vendedor de um contrato futuro lucrando com a desvalorização do ativo e quem comprou o contrato tendo resultados positivos caso o preço aumente após a aquisição.

Nesse tipo de transação, a operação pode ser lucrativa mesmo com a queda no preço da criptomoeda. Portanto, é possível obter rendimentos com contratos futuros operando como comprado e vendido no mercado.

As características de um contrato futuro no mercado cripto

Os contratos futuros representam negociações de criptomoedas por meio de acordos entre investidores. Neste tipo de transação a identificação acontece a partir de características como:

Os contratos futuros obedecem uma padronização que inclui informações como tamanho, ativos relacionados e data de vencimento das cotas. Isso permite que ele seja negociado facilmente em plataformas como a bolsa de valores.

Data de validade

Um contrato futuro com criptomoedas é baseado em uma data de validade. Isso significa que a negociação tem um prazo, onde o contrato é liquidado e a diferença entre o preço do ativo será paga.

Tamanho do lote

Os contratos futuros são estabelecidos por lotes que precificam o valor de cada cota. Por exemplo, o valor unitário pode considerar a unidade do ativo digital atrelado e dividido em partes de bitcoin. No entanto, é possível estabelecer um valor pré-determinado, como R$ 100 para cada cota.

Com a variação de preço das criptomoedas, um contrato futuro pode ser facilmente liquidado no mercado. Por isso, é importante disponibilizar uma margem de garantia, que permite a manutenção da operação através de um depósito, que pode variar entre 3% a 16% do valor investido.

Alavancagem

Tal como no mercado de derivativos, é possível alavancar operações de contratos futuros no mercado cripto. Ou seja, é possível negociar altos valores, além do disponível em conta, para tentar aumentar a rentabilidade. O retorno pode ser multiplicado por até 100 vezes, entretanto, a exposição ao risco aumenta e, se a estratégia não for boa, pode não ser uma alternativa tão vantajosa.

Qual a diferença entre contratos futuros e contratos futuros perpétuos?

Além dos contratos futuros, existem também os contratos perpétuos com criptomoedas no mercado. A principal diferença entre eles está na data de validade de cada operação.

Enquanto o contrato futuro possui uma data para liquidação, os contratos perpétuos não possuem validade e podem ser negociados eternamente no mercado cripto.

Quais são as vantagens de operar esse tipo de investimento?

As criptomoedas são conhecidas historicamente pela expressiva volatilidade nos preços. Então, o contrato futuro é uma alternativa para investidores que desejam se proteger e até se beneficiar dessa variação.

Os benefícios desse tipo de investimento são:

  • Arbitragem: a negociação de contratos futuros permite que investidores realizem a arbitragem, então, permite mudança de estratégia. Nesse caso, o investidor percebe que é necessário um ajuste e obtém resultados com a diferenciação do preço do ativo em plataformas distintas.
  • Taxas: as taxas para quem investe em contratos futuros com criptomoedas tendem a ser bem menores que em operações convencionais de compra e venda em plataformas de negociação, como exchanges.
  • Especulação: os contratos futuros permitem aos investidores especular sobre como será o desempenho de uma criptomoeda nos próximos meses. Sendo assim, esse tipo de negociação pode sofrer mais variação de preço que a própria cotação à vista do ativo digital.

Além disso, outras vantagens estão relacionadas ao valor para começar e também a facilidade para investir. Ainda assim, antes é válido considerar o valor da margem de garantia, a rentabilidade e os riscos.

Principais dúvidas sobre contratos futuros no mercado cripto

  1. O que são contratos futuros com criptomoedas?
    Contratos futuros no mercado cripto representam negociações baseadas no preço ao longo do tempo de determinado ativo digital.
  2. Como funciona um contrato futuro de bitcoin?
    Um contrato futuro de bitcoin pode ser precificado pela cotação da criptomoeda, e cada cota pode representar uma fração de 0,1 ou 0,01 BTC, por exemplo.
  3. O investidor recebe bitcoins após a liquidação do contrato?
    Não. Tal como ETFs, o preço do bitcoin serve como índice para um contrato futuro que nada mais é que um acordo entre as partes sobre o preço da criptomoeda.
  4. Quanto é preciso para começar a investir em contratos futuros?
    A negociação de contratos futuros com criptomoedas pode variar em cada plataforma. Na maioria dos casos, é possível começar com valores a partir de R$ 100.

Tags