Como começar no mercado cripto? Dicas de investimento para iniciantes

Entenda quais são as melhores estratégias para investidores iniciantes no mercado de criptomoedas

Por Paulo Carvalho  /  10 de maio de 2024
Imagem gerada por inteligência artificial Imagem gerada por inteligência artificial

As criptomoedas também são alternativas de investimento para iniciantes no mercado financeiro. Apesar da alta volatilidade, com variações que podem alcançar dois dígitos em menos de 24 horas, ativos digitais como o bitcoin (BTC) podem ser uma oportunidade de proteger ou aumentar o patrimônio independente do perfil de investidor.

No entanto, em razão dessa forte variação de preço, qualquer investidor precisa elaborar uma estratégia de investimento antes de começar no mercado cripto.

Além disso, é importante entender alguns conceitos básicos sobre como as criptomoedas funcionam e sua tecnologia (blockchain), seguindo tendências e estudos gráficos.

Como começar a investir em criptomoedas?

O primeiro passo para começar a investir em criptomoedas é entender como o mercado cripto funciona. O bitcoin, por exemplo, é o ativo digital mais valioso que existe, e geralmente influencia na variação de preço de outros projetos.

Por ser considerado um investimento de risco, alguns investidores destinam entre 1% e 5% de seu portfólio para as criptomoedas. Porém, esse montante pode variar segundo o perfil de cada investidor.

Para começar algum investimento no mercado cripto, o iniciante precisa escolher uma plataforma para comprar criptomoedas, como o aplicativo da Transfero. Nele é possível negociar criptomoedas por meio de uma interface de fácil utilização para quem está iniciando.

Perfil do investidor cripto

O investidor iniciante do mercado cripto geralmente conhece pouco sobre criptomoedas. Ainda assim, ele pode ser encaixado em três perfis distintos, como:

  • Investidor conservador: esse perfil de investimento tende a ser mais cauteloso na escolha de criptomoedas que deve comprar e prefere não correr grandes riscos.
  • Investidor moderado: nesse caso, o investidor pode variar entre estratégias de baixo e alto risco enquanto analisa as melhores oportunidades do mercado.
  • Investidor arrojado: esse perfil de investidor é conhecido por aceitar riscos maiores envolvendo investimentos em criptomoedas, seguindo estratégias mais ousadas com operações que visam alto retorno.

Estratégias de investimento para iniciantes

Logo após entender como funciona o mercado cripto, o investidor iniciante pode escolher uma estratégia de investimento conforme o seu perfil, objetivo e realização de lucro. Entretanto, para os iniciantes no mercado cripto pode ser ideal seguir um direcionamento mais conservador para ir se adaptando e entendendo mais do mercado.

A partir disso, poderá aplicar os conhecimentos e colocar em prática diferentes estratégias. Algumas das mais conhecidas são:

DCA – média de preço

A estratégia de DCA (dollar cost average) consiste na compra periódica de criptomoedas. Isso permite fugir da volatilidade do ativo digital a longo prazo. Então, o investidor iniciante pode comprar uma determinada fração de bitcoin todos os meses, por exemplo.

Hodler

Essa estratégia consiste em manter os ativos guardados até que o preço atinja o valor determinado pelo investidor. Assim, um hodler pode guardar suas criptomoedas por vários anos sem qualquer movimentação.

Trading

Essa estratégia de investimento consiste em realizar operações de compra e venda em busca de lucro. Ela pode seguir a linha de day trade ou swing trade. A diferença entre elas é o tempo que o investidor espera para concluir a operação.

O day trade opera diariamente no mercado, enquanto o método de swing tem o intervalo de alguns dias entre as operações de compra e venda de criptomoedas.

Como começar a investir?

Com devida cautela, as criptomoedas podem ser um bom investimento para iniciantes, podendo ser integradas em portfólios ao lado de ações e fundos de investimento.

Baixe agora o Transfero App na Play Store ou Apple Store.


Tags